Um museu sob as águas - Olhares do Mundo

Um museu sob as águas

Aqui você pode mergulhar na arte

Não existe hora exata nem lugar certo para a arte. Apresentações e exposições acontecem a todo momento – na rua, em galerias improvisadas, estações de metrô e, porque não, debaixo d’água. É exatamente essa a proposta do MUSA (Museu Subaquático de Arte), que fica próximo de Cancún, no México.

Longe de toda a badalação pela qual a cidade ficou famosa, existem mais de 500 obras submersas ao longa da costa da Ilha das Mulheres. São mais de duzentas toneladas espalhadas por 420 metros quadrados no fundo do oceano. Foi lá que os artistas plásticos Jason deCaires Taylor, Elier Amado Gil, Roberto Díaz, Salvador Quiroz, Rodrigo Quiñones, Karen Salinas e Enrique Mireles encontraram espaço para disseminarem suas mensagens e princípios: a arte de conservar a natureza. Para isso, todas as esculturas são feitas com cimento de PH neutro, o que facilita o crescimento de corais e algas, fazendo com que as suas obras sejam tomadas pelo mar. Além disso, algumas das peças contam com orifícios feitos especialmente para abrigar animais marinhos.

E como se visita esse museu? Para quem não gosta nem de chegar perto da água, é possível ver algumas réplicas das estátuas na superfície, a bordo de um barco com fundo transparente. No entanto, para aproveitar ao máximo a experiência e realmente interagir com as esculturas, os mais corajosos podem mergulhar com auxílio de balões de oxigênio e passear por cerca de 45 minutos entre duas exposições permanentes.

!cid_A5323214-05AD-4D8D-84A8-4FAACA0C7CB6

MAIS CONTEÚDOS