A Fantástica Casa da Árvore - Olhares do Mundo

A Fantástica Casa da Árvore

A casa tubular é uma nova maneira de se integrar ao meio ambiente, com menos impacto e mais sensação de liberdade

Naves espaciais, navios pirata explorando terras distantes, esconderijos de super-heróis: não importa no que se transformam a mando da imaginação, casas na árvore são sempre sinônimo de aventura e refúgio.

Então, por que não levar essa ideia além? Foi o que pensou o arquiteto Aibek Almasov, do escritório A Masow Architects, ao projetar a futurista “Árvore na Casa”. A estrutura circular será toda feita de vidro, metal e madeira e englobará uma árvore em meio a uma floresta, permitindo uma integração total com a natureza e harmonia com o meio ambiente.

A casa também utilizará tecnologias sustentáveis que lhe deem autonomia, como a captação de água da chuva, placas de energia solar e aproveitamento da iluminação natural. Ao todo, a planta contém 4 andares, sendo que o último será um local de contemplação da vista da floresta em 360 graus.

O objetivo é que ela se torne um espaço de convivência para que os visitantes possam escapar das cidades e relaxar por alguns momentos, evidenciando um propósito social e uma nova abordagem, mais inclusiva, da própria arquitetura.

O projeto existe desde 2013, porém apenas em 2016 o escritório conseguiu investidores para levar a construção adiante, o que deve acontecer ainda em 2017. O local escolhido para sediar a empreitada é a cidade de Almaty, no Cazaquistão, país de Almasov.

Não é a primeira vez que a cidade, ex-capital e também a maior do Cazaquistão, é palco das obras do escritório. Suas paisagens montanhosas cercadas por parques nacionais já inspiraram a construção de vários outros projetos pela equipe de Almasov, sempre seguindo a linha do minimalismo e da integração com o ambiente pelo uso do vidro, cores claras e harmonia na decoração.

A “Árvore na Casa” ainda não tem paralelo, mas pouco a pouco lugares de todo o planeta começam a adotar a ideia de que ambiente e construção ganham muito quando são complementares. É o caso dos famosos iglus de vidro do Hotel Kakslauttanen na Finlândia, onde é possível assistir ao lindo espetáculo da aurora boreal debaixo das cobertas. No futuro, quem sabe, as cidades coexistam em mais harmonia com a natureza, uma mudança que seria bem-vinda para todos.

MAIS CONTEÚDOS