CAMINHOS DA ISLÂNDIA - Olhares do Mundo

CAMINHOS DA ISLÂNDIA

A gelada e misteriosa ilha do Atlântico Norte

Com mais de trezentos vulcões, dos quais trinta estão ativos, a Islândia é um lugar completamente fora do comum na Terra. No meio do Atlântico Norte, a ilha está repleta de maravilhas naturais como rios, gêiseres, lagos e montanhas. Lá também fica o único lugar conhecido pelo homem em que é possível ver uma fenda entre duas placas tectônicas, as dos continentes americano e europeu. Conhecida com fenda de Silfra, a fissura tem sessenta e três metros de altura, e cresce 2,5 centímetros em largura por ano. Mergulhadores de todo o mundo se arriscam nas estreitas passagens e em uma água que atinge temperaturas de 4 graus Celsius.

Além disso, mais de 11 por cento do território está coberto por glaciares. Desses, 8 por cento são cobertos por apenas um glacial. O Vatnajökull tem cerca de 8,1 mil quilômetros quadrados, e faz parte do maior parque natural da Europa. A variedade geológica do local é amplamente estudada por cientistas. Em certas épocas do ano, por exemplo, a espessura do gelo pode atingir mais de mil metros. Em islandês, o prefixo “Vatn” significa água. Por isso, não é surpresa que lá exista uma das mais poderosas cataratas do velho continente. A Dettifoss tem 100 metros de largura e 50 metros de altura, atraindo turistas o ano inteiro.

Outro ponto curioso do Parque Nacional de Vatnajökull é o Grímsvötn, um lacustre-vulcânico, formado por um vulcão e vários lagos que estão cobertos pelo gelo. A última erupção desse vulcão aconteceu em 2011, causando uma nuvem que impossibilitou todos os voos no norte europeu durante três dias. Por último, a caverna de cristal de Svínafellsjökull parece ter saído de outro planeta. As diversas camadas de gelo sobrepostas durante milhares de anos fazem as paredes da gruta terem um brilho azul intenso.

Sua entrada, próxima do litoral, tem mais 7 metros de altura. No entanto, só é possível visitá-la no inverno, já que com o aquecimento contínuo da temperatura da Terra não é possível atestar a segurança da caverna em outras estações.Assim, fica fácil entender porque esse lugar incrível serviu de locação para filmagens da série norte-americana Game of Thrones e do filme de ficção científica Prometheus. Sem dúvida, a Islândia é um país que vale a pena ser visitado.

!cid_A5323214-05AD-4D8D-84A8-4FAACA0C7CB6

MAIS CONTEÚDOS