A fina arte de Ola Shekhtman - Olhares do Mundo

A fina arte de Ola Shekhtman

Artesã cria com suas próprias mãos anéis inspirados nas grandes metrópoles do mundo

Precisão, delicadeza, mãos firmes e olhar afiado. Não são poucas as qualidades necessárias para se tornar um exímio ourives, profissão artesanal que usa metais preciosos para esculpir verdadeiras obras de artes. Ao longo da história, os primeiros registros desse tipo de trabalho são datados de 2500 a.C.. Já na Idade Moderna, período que compreendeu os séculos XV e XVIII, esses artistas ocuparam posições prestigiadas por reis e monarcas.

Hoje, com a ajuda da tecnologia, essa profissão perdeu parte de seu glamour, mas, ainda assim, existem pessoas que lutam para manter o lado arcaico da ourivesaria. Exemplo disso é a ourives siberiana Ola Shekhtman. Foram anos de estudo em São Petersburgo, na Rússia, para aprender e desenvolver técnicas específicas para esse tipo de arte. Depois, já morando em Nova York, Ola decidiu estudar modelagem 3D e, durante esse processo, teve uma ideia simples, porém única.

A artista começou a fabricar anéis com o formato de grandes metrópoles do mundo, desenhando pontos turísticos e famosos de cada cidade. Todo o processo é feito a mão, apenas o protótipo é desenvolvido em uma impressora 3D. Depois, Ola derrete a pepita de ouro, ou o cristal de prata, para começar o processo de modelagem por meio da prática da martelagem, que serve para talhar o bloco de ouro.

Em seguida, quando a peça já está em seu formato arredondado, pequenos elementos são soldados. Para isso, é preciso usar ferramentas de precisão, já que a solda não deve ser aparente. Por último, com a joia já modelada, começa a fase de refinamento, em que a peça é limada para perder rebarbas e excessos, e polida para aumentar o brilho.

Muitas cidades já foram retratadas por Ola. O modelo do Rio de Janeiro, por exemplo, feito especialmente para os jogos olímpicos de 2016, mostra, além do Cristo Redentor, a Catedral de São Sebastião, os arcos da Lapa, a câmara municipal da cidade, a Cinelândia e o Largo do Boticário. Já o modelo de Barcelona mostra obras do arquiteto Antoni Gaudí, como a casa Batlló, a casa Milà, e a casa Calvet, além da Igreja Sagrada Família.

Além das mais de dez cidades que estão disponíveis na loja virtual da artista, Ola também faz modelos com nomes de banda, e joias completamente personalizadas, para aniversários, casamentos e outras datas especiais. Infelizmente, Ola ainda não criou outros modelos de cidades brasileiras, mas ainda assim vale conhecer o trabalho da artesã.

posts-olhares-do-mundo2

MAIS CONTEÚDOS